Chardonnay

Chardonnay

Colheita 2020: Grau Babo para Espumantes 17º Grau Babo para vinhos 20º Chardonnay: no grupo de uvas clássicas, é a mais apreciada das brancas. Conhecida pelas vinhas plantadas em Chablis e em Champagne, é um tipo de cepa muito adaptável, que pode produzir vinhos variados, dependendo da localização. As nossas Chardoannay têm alta capacidade de maturação, concedendo a seu vinho um aroma potente de fruta madura, de paladar redondo e equilibrado.

Tannat

Tannat

Colheita 2020: Grau Babo 24º, Tannat: é uma variedade tânica vigorosa do sudoeste da França, principalmente de Madiran. O nosso tannat se desenvolve extraordinariamente bem, produzindo cachos compactos com frutos muito escuros e grande capacidade de maturação. O vinho elaborado é de tonalidade rubi-violácea escura, rico em compostos fenólicos, estruturado, sabor austero, porém não excessivamente frutado.

Cabernet Sauvignon

Cabernet Sauvignon

Colheita 2020: Grau Babo 21º Cabernet Sauvignon: é a cepa de maior prestígio no mundo inteiro. Desenvolveu-se em Bordeaux e somente é cultivada onde se deseja obter um vinho de qualidade. Sua maturação é tardia. Suas bagas são escuras, pequenas e de casca espessa. No nosso campo, onde está perfeitamente adaptada, esta cepa produz um vinho tânico e encorpado, potencialmente de longa vida, de coloração rubi, com aroma de frutas vermelhas e bouquet pronunciado.

Riesling

Riesling

Colheita 2020: Grau Babo para espumantes 17º Grau Babo para Vinhos: 19º Uma das principais uvas de vinho branco do mundo, a mais importante da Alemanha, às vezes incompreendida e injustiçada, Riesling, responsável por alguns dos melhores, mais complexos e mais longevos vinhos brancos. Considerada nativa da Alemanha, a Riesling é uma cepa cultivada há milhares de anos. É uma uva que resiste ao frio do inverno, e que sobrevive às geadas que aniquilam outras variedades.

Sauvignon Blanc

Sauvignon Blanc

Colheita 2020: Grau babo 19º Sauvignon Blanc: esta cepa branca, muito cultivada na Nova Zelândia, Califórnia e no Chile, mas de origem francesa, do Vale do Loire, produz vinhos clássicos de sabor herbáceo, às vezes recordando maracujá e pimentões verdes. No vinhedo Barrios estas uvas se desenvolvem de forma exuberante, produzindo um vinho personalíssimo e refrescante, ao mesmo tempo sutil e delicado.

Marcelan

Marcelan

Colheita 2020 Grau Babo: 22º Cepa originária do cruzamento das variedades Grenache e Cabernet Sauvignon, a nossa variedade de Marcelan proporciona um vinho de coloração vermelho violáceo, com aromas de frutas vermelhas, corpo muito intenso e taninos nobres. Harmoniza-se com carnes de caças e pratos condimentados.

Olivas Arbequinas

Olivas Arbequinas

1º colheita prevista para 2021. Um dos cultivares mais conhecidos é originário de Arberca, na Catalunha, daí seu nome arbequina. É um azeite de caráter frutado e fresco, possui notas de alcachofra e tomate. Tem atributos equilibrados, com sabores mais verdes e picantes quando colhidas verdes, e mais doces quando mais maduras.

Olivas Coratina

Olivas Coratina

1º colheita prevista para 2021. Tem seu nome relacionado a Corato, cidade próxima a Bari, na Itália. É a oliva mais importante da região da Puglia e muito encontrada no sul do país. Também é encontrada no Novo Mundo, mais especificamente na Argentina e Austrália. Seu óleo é muito frutado, amargo e picante; além de rico em polifenóis, o que o torna muito estável.

Olivas Picual

Olivas Picual

1º colheita prevista para 2021. É a oliva que mais se prolifera pelo mundo e representa cerca de metade das oliveiras espanholas e 20% do resto do planeta. Seu óleo é rico em ácidos graxos e em antioxidantes naturais. A grande presença de polifenóis o tornam um dos azeites mais estáveis do mundo.

Azeitonas Koroneiki

Azeitonas Koroneiki

1º colheita prevista para 2021. Representando dois terços das olivas gregas, a Koroneiki é principalmente encontrada em regiões costeiras, onde o clima é mais ameno. Seu óleo é frutado, com toques de maçã verde e grama, possui picância presente e um leve amargor.